Header Ads

VIAGEM DE AVIÃO : REGRAS NO AEROPORTO

É recomendável que o passageiro coloque nessa
bagagem alguma identificação visual chamativa

- ou que escolha alguma mala de cor forte
Malona chamativa, malinha discreta

Segundo a ANAC, em voos nacionais, feitos por aviões com mais de 31 assentos, o peso da bagagem despachada por cada passageiro no balcão do check-in não pode exceder a 23 kg (caso exceda, aplica-se multa). É recomendável que o passageiro tente colocar nessa bagagem alguma identificação visual chamativa (ou que, na hora de comprar uma mala, escolha alguma de cor forte, como vermelho ou laranja). O esforço para identificá-la na esteira da sala de desembarque (local caótico em qualquer aeroporto) será bem menor.

É também sempre uma atitude sábia guardar o comprovante de despacho de bagagem: o passageiro terá que apresentá-lo para a empresa aérea na hora de reclamar uma mala extraviada.

Envolver a bagagem em plástico (muitos aeroportos oferecem o serviço) é uma boa ideia. Morador de Maputo, capital do Moçambique, o auditor brasileiro Mike Weiss conta que algumas roupas foram subtraídas de sua mala durante um voo para a África. “Depois disso, virou ritual: sempre envolvo minha bagagem com plástico antes de viajar”, conta ele.

O mesmo cuidado, porém, vale com a bagagem de mão. “Em uma voo para a Itália um homem tentou roubar a bolsa da minha esposa, que estava no compartimento em cima de nossas cabeças”, relata o empresário paulista Mauro Cassane. “Hoje, sempre levo documentos e dinheiro nos bolsos, e fico bem atento ao compartimento onde está minha bagagem de mão”.

Vale lembrar que a bagagem de mão não pode ter mais que 5 kg de peso e 115 cm de volume (soma de comprimento, altura e largura).

Não perca sua tesourinha da sorte

Frascos para líquidos capacidade de mais de 100 ml
 são vetados em voos internacionais
 
É terminantemente proibido embarcar em aviões com objetos cortantes, contudentes (martelos, alicates e afins) e perfurantes.

Segundo a ANAC, frascos para líquidos (e aí incluem-se gel, shampoos e cremes) com capacidade de mais de 100 ml (mesmo que não estejam cheios) são vetados em voos internacionais. O passageiro tem que colocá-los na bagagem que será despachada no balcão do check-in.

Líquidos adquiridos nos free shops, porém, como perfumes e loções, podem ser transportados pelos passageiros dentro do avião, desde que colocados em uma embalagem plástica selada e com o recibo de compra à mostra. Medicamentos também podem ser transportados, desde que a receita médica esteja junto.

Nenhum comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!