Header Ads

BLUMENAU TEM ALTA QUALIDADE DE VIDA



Conhecida como Alemanha Tropical, Blumenau tem 277 mil habitantes e é a terceira cidade catarinense em população, perdendo apenas para as conterrâneas Joinville e Florianópolis.

Localizada no vale do Itajaí, região que ostenta alto IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), está entre as três regiões metropolitanas mais desenvolvidas no país. Isso implica altas taxa de alfabetização, baixa mortalidade infantil, alta renda per capita, além de outras marcas que se distanciam positivamente da média brasileira.

Sua história oficial começa em 1850, quando chegaram os primeiros colonos, que se instalaram em terras nas quais antes havia índios. Os novos moradores abriram, então, as primeiras ruas e estradas, com nomes em alemão.

Uma delas é a atual rua 15 de Novembro, antiga Wurststrasse (rua da Lingüiça), que, contam os blumenauenses, teria sido aberta quando da fuga de uma vaca. Os colonos saíram atrás do animal, para recuperá-lo, abrindo caminho na mata.

Quando chegaram ao Brasil, os alemães fundaram uma escola, uma igreja protestante e um clube de caça e tiro. Até hoje esses clubes, que serviam para integrar os imigrantes e proteger os povoados, predominam na paisagem urbana dessa região catarinense.

Os italianos vieram mais tarde e ampliaram o leque étnico-cultural da cidade. Atualmente, no mês de julho, realiza-se a maior festa da colônia italiana da região, o Festitália, com música, dança e comidas típicas.

Neste ano, ela acontece de 16 a 25 de julho em um pavilhão da Proeb, mesmo local da Oktoberfest. A programação do evento está disponível na página www.festitalia.com.br.

Para conhecer mais a história das primeiras famílias de Blumenau, a dica é visitar o museu da Família Colonial, na rua das Palmeiras, uma construção de 1864, em estilo enxaimel, onde há pertences do fundador da colônia e de outros colonos.

Nenhum comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!